Notícias
Imagem Ilustrativa Notícias

13/03/2009 - Conselho das companhias, lugar reservado para os notáveis - Gazeta Mercantil

Um dos principais pontos da revisão da instrução 202 - a que trata da transparência na divulgação da remuneração dos Conselhos de Administração - , deve levar em consideração uma característica da governança corporativa local. Trata-se da presença de figuras que ocuparam cargos no governo federal em diversos assentos de companhias de capital aberto. É o que aponta estudo do pesquisador Wesley Mendes, do Mackenzie.

O ranking é liderado pelo ex-ministro da Fazenda, Maílson da Nóbrega, que mantém posição em oito conselhos.

Segundo especialistas e o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), um profissional deveria ocupar conselhos em, no máximo, cinco empresas. "Caso contrário, fica difícil agregar valor à companhia", afirma a coordenadora do núcleo de governança corporativa da Dom Cabral, Elismar Álvares. Por Luciano Feltrin.

Fonte: Gazeta Mercantil: B1/B4/1ª Página - Pág. 1 - 13/03/2009

 

Mais Notícias