Notícias
Imagem Ilustrativa Notícias

25/01/2011 - Juiz proíbe torcidas de ver jogos em estádio - Alagoas

O juiz Gustavo Lima, da 12ª Vara Cível de Maceió, proibiu as torcidas organizadas "Mancha Azul" e "Comando Alvirrubro", que representam o CSA e o CRB, de acompanhar no estádio os jogos da primeira divisão do Campeonato Alagoano de 2011. A notícia é do portal Terra.

O primeiro jogo depois da decisão será neste domingo, entre CSA e Murici, com policiamento reforçado e ordem de prisão para quem aparecer vestido com camisas ou com identificação de acessórios das duas torcidas organizadas.

No sábado, 15 de janeiro, o encontro entre as torcidas organizadas de CSA, CRB e Santa Cruz-PE deixou um torcedor morto. Ele teve o corpo golpeado com barras de ferro e pedaços de madeira.

No domingo, 16, depois do jogo CSA x CRB, as duas torcidas organizadas depredaram nove ônibus na capital alagoana. "Os integrantes dessas torcidas se sentem poderosos quando estão uniformizados. Quando há o confronto com a Polícia, se tem a possibilidade de identificar as pessoas que estão provocando confusão", disse o promotor da Fazenda Pública Municipal, Max Martins.

A decisão vale para o jogo de domingo, entre CSA e Murici, e para os duelos CRB x Corinthians (dia 26), CSA x ASA (dia 30) e CRB x ASA (6 de fevereiro).

Representantes das duas torcidas criticaram a medida judicial. "Tem que existir um trabalho de reabilitação do torcedor, não a proibição da torcida", disse João Gordo, do Comando Alvirubro. "Quem acaba respondendo por isso é quem não faz esses ataques, essa medida não resolve", disse Marcelo Rocha, da Mancha Azul.

Na internet, as duas torcidas trocam xingamentos e palavrões. Em setembro do ano passado, a rivalidade matou dois adolescentes, que estavam vestindo a camisa do CSA para assistir ao jogo contra o Santa Cruz no ponto de ônibus.

Em outubro, outro torcedor foi morto pela torcida do CRB com três tiros dentro de um ônibus. O corpo dele foi arrastado e espancado na rua.

Fontye: Site Conjur

 

Mais Notícias